Confira o
nosso blog

Em busca do telhado perfeito

Em busca do telhado perfeito

ESTILO - Além de bonitas, as shingles são mais leves e versáteis Na hora de construir ou reformar o telhado, optar pelo tipo de telha pode ser um dilema devido à grande oferta de modelos, materiais e cores. Esses atributos, por sua vez, podem fazer toda a diferença na composição da edificação, tanto em relação à arquitetura quanto ao conforto. As telhas de cerâmica simples, conhecidas como telhas de barro, ainda imperam. "Isso se deve ao fato de que algum tempo atrás não havia opções. Aliado a isso, hoje também é mais acessível financeiramente", esclarece Lourival José da Silva, do Shopping das Telhas. O milheiro desse modelo sai a R$ 400.

O problema, entretanto, reside na conservação. "Há um acúmulo de fungos e de água devido aos poros das telhas, e elas ficam com um aspecto envelhecido dentro de uns dois anos", alerta Silva. A solução para estas desvantagens é a telha de cerâmica esmaltada, a R$ 799 o milheiro, cujo processo de produção dá a ela um aspecto de louça. Há 14 opções de cores diferentes para esse tipo de telha, que variam entre nuances claras e escuras. As telhas de concreto ganham muito espaço no mercado por serem ideais para residências. "Não são pesadas como se imagina e são mais resistentes que as telhas de barro", argumenta Milton Tamura, da Tegosul Ltda. O preço também é um fator favorável: em torno de R$ 11,55 o m2.

Na arquitetura arrojada, os caminhos enveredam para as telhas asfálticas shingle. Cerca de 70% mais leve do que as telhas convencionais, a shingle é composta de asfalto, fibra de vidro e rocha moída. "A versatilidade deste modelo proporciona a racionalização do madeiramento, a flexibilidade do projeto e o aproveitamento do mezanino", enumera Robson Lyra, da A. Lyra Telhas. A aplicação é viável em residências, em prédios comerciais, em chalés e em hotéis, e o custo é, aproximadamente, R$ 33 o m2. O plástico também ganha espaço. A telha de poliuretano, por exemplo, é leve e ideal para locais com problemas de alta temperatura. "É como se ela fosse um isopor, que também é isolante térmico, mas com densidade maior", explica Gilberto Nunes Cabral, das Telhas Biancolini. A aplicação deste tipo de telha gira em torno de R$ 66 o m2. Foco na preservação ambiental Outra tendência consolidada são as telhas que preservam o meio ambiente. A telha ecológica, por exemplo, é feita com fibras vegetais e betume impregnado sob pressão. "O resultado é um produto leve, resistente e flexível", relata Robson Lyra, da Lyra Telhas. Ao preço de R$ 19 o m2, pode-se encontrar a telha ecológica em vermelho, marrom, verde ou preto. Outra opção é a telha reciclada, cuja matéria-prima provém da reciclagem de embalagens longa vida. Em cores cerâmica ou aluminizada, o valor do metro quadrado da telha gira em torno de R$ 15.

Fonte: Construção e Cia | http://www.construcaoecia.com.br/conteudo.asp?ed=33&cont=241

Vamos fazer algo incrível? Fale conosco!

VAMOS FAZER ALGO INCRÍVEL?

FALE CONOSCO

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência em nosso site.

Preferências de Cookies

Personalize abaixo quais cookies você deseja permitir, lembrando que você pode alterar suas preferências a qualquer momento. Os cookies são utilizados para otimizar e personalizar a sua experiência em nosso site.